História do Brigadeiro

Conhecido em muito países como “Trufas Brasileiras”, o brigadeiro foi criado como resultado de uma campanha política em 1945.

O candidato Eduardo Gomes, que foi um Brigadeiro pelas Forcas Armadas, se tornou muito popular entre as mulheres na época, foram elas que acabaram criando o slogan:

“Vote no Brigadeiro que é bonito e solteiro”. 

Com o objetivo de ajudar o candidato a ganhar mais votos e dinheiro para a campanha, esse grupo de mulheres organizavam festas e eventos para distribuir e também vender esse famoso docinho.

Hoje é considerado uma paixão mundial, como o futebol, a caipirinha e o carnaval. É o doce brasileiro mais festivo de que se tem notícia! É aquele que nunca falta nas festas e cada vez mais vem sendo figurinha presente também em outras e diversas ocasiões!

Ele é muito mais do que um doce tipicamente brasileiro, ele é um amigo para todas as horas.

Quem nunca raspou feliz uma panela de brigadeiro com uma colher de pau? Quem nunca comeu uma panela inteira de brigadeiro de colher num momento de desespero? Quando dá aquela vontade de comer um docinho no meio do dia, quem nunca desejou um brigadeiro?

Com o passar do tempo, o amor à arte gastronômica elevou o tradicional doce brasileiro à categoria de especiaria gourmet, ganhou roupagens especiais e ”blends“ dos mais puros e nobres chocolates, unindo o sabor inesquecível com o toque refinado da alta gastronomia que hoje é conhecido como Brigadeiro Gourmet.

Brigadeiro Gourmet : sabor e apresentação com estilo que fazem a diferença.